Banda Mantiqueira no III Festival Internacional Carlos Gomes

III Festival Internacional Carlos Gomes, de 21 e 29 a julho, em Campinas (SP), traz oficinas, recitais e concertos, promovendo intercâmbio de instrumentistas e estudantes de música do Brasil e Exterior

Com foco na formação de novos instrumentistas e na difusão da música instrumental de qualidade internacional no interior de São Paulo, a terceira edição promoverrá oficinas, jam sessions, concertos e recitais com 25 solistas/professores convidados do Brasil, Argentina, Uruguai, México, Estados Unidos, Portugal, França, Espanha e Inglaterra, além de orquestras e bandas sinfônicas de Campinas e região.

As aulas de violino, viola, violoncelo, baixo, flauta, clarineta, fagote, oboé, saxofone, trompa, trombone, trompete, tuba, euphonium e percussão serão ministradas no formato máster-class, nas dependências do Departamento de Música da UNICAMP, de 23 a 27 de julho (segunda a sexta), e contarão com a participação de grupos, bandas e orquestras que se apresentarão no decorrer da semana do evento, acompanhados dos solistas/professores convidados.

São 250 vagas, com inscrições a preço bastante acessível: R$ 100,00, que podem se feitas no link: Inscrições.

O caráter formativo do Festival vem da proposta dos curadores do evento, os músicos Wilson Dias, Paulo Ronqui e Fernando Hashimoto, que têm em mente que não basta fornecer palco para que se concretize uma ação efetiva de estímulo e difusão da música instrumental.

Tendo como tema o conceito de “Incidental”, esta terceira edição terá a participação de músicos como David Spencer (trompete, Estados Unidos), membro fundador e principal trompetista no Memphis Brass Quintet; Pablo Fenoglio (trombone, Argentina), integrante da Orquestra Sinfônica Nacional da Argentina; Mauricio Soto (trompa, Uruguai/México), trompista principal na Orquestra Filarmônica de Querétano, no México; Thomas Leleu (tuba, França), principal tubista na Marseille Philharmonic Opera; entre outros.

Durante o III Festival Internacional Carlos Gomes, Campinas vai falar uma só língua: a da música.

Compartilhe por e-mail Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo Twitter Compartilhe pelo Google Bookmarks Compartilhe pelo Google Buzz Compartilhe pelo del.icio.us Compartilhe pelo Orkut Compartilhe pelo Windows Live

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu comentário

Mensagem